sexta-feira, 27 de maio de 2011

Considerações sobre Jogos

Para refletir:
1 – Por que realizar jogos em sala de aula?
2 – Faça uma lista dos jogos utilizados em sala de aula
3 – Quando realizar situações de jogos em sala de aula?
4 – Qual é o papel do aluno numa situação de jogo? E do professor?
Teoria e prática nos mostram que apenas jogar os jogos que envolvem conteúdos matemáticos não é suficiente para que os alunos aprendam.

Licença Creative Commons
A obra Considerações sobre jogos de Débora Martins foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Brasil.
Com base na obra disponível em docs.google.com.

A educação em tempos de twitter

 

A educação em tempos de twitter é um texto  inspirado no livro A educação que desejamos: novos desafios e como chegar lá. 4ª ed., Campinas: Papirus, 2009.

clique aqui png para ler o texto na integra.

Aluno dá aula em escola sem professor

 

Então pergunto: Onde estão os colegas professores que aceitam que uma ação como essa aconteça dentro do espaço da escola?

_______________________________________________________________

Aluno dá aula em escola sem professor


Colégio estadual da capital paulista cria grupo do ensino médio para assumir turmas do ensino fundamental
Estudantes contam que justificativa da direção é a de que a medida vai evitar futura reposição de aulas aos sábados


ADRIANA FERRAZ
FABIANA CAMBRICOLI

DO "AGORA"


Eles têm entre 14 e 18 anos e, desde segunda-feira, passaram de alunos a professores na escola estadual Padre Anchieta, na região do Brás, no centro de São Paulo.
A troca de papel foi implantada pela própria direção do colégio para combater a falta de docentes. Voluntários são selecionados e ajudam colegas no contraturno.
O grupo de alunos-professores é formado por 16 jovens. Eles estudam pela manhã e dão aulas à tarde.
O público-alvo são as turmas do sexto e do sétimo ano do ensino fundamental (antigas quinta e sexta séries), que estão sem aulas de português desde o início de abril -o professor está afastado.
Os alunos assumem ainda outras matérias ou aulas de reforço, quando é preciso.
A seleção dos "novos professores" foi feita há duas semanas. "Fomos escolhidos após uma "peneira" e ainda estamos em teste", disse Jeferson Santos, 16, que cursa o nono ano do fundamental.
Assim como os colegas, ele pôde escolher o período de trabalho: das 13h às 15h30 ou das 15h30 às 18h30, todos os dias. O grupo afirma que não recebe dinheiro pelo serviço.
"A gente só ganha o almoço, que é dado no refeitório", afirmou Carina Gonçalves Armelin, 18 anos, aluna do terceiro ano do ensino médio, que já é chamada de "professora". A fama repentina agrada os voluntários.
A medida, segundo alguns pais de alunos ouvidos pela reportagem, não tem a intenção apenas de ocupar as aulas vagas na escola mas também de amenizar confusões ocorridas nos intervalos forçados pela falta de aulas.
Alguns pais, porém, se disseram surpresos. A empacotadora Ana Lúcia dos Santos, 46, não foi chamada à escola para conhecer o "projeto" e até ontem achava que o filho Jeferson passava as tardes fazendo trabalho na escola.


REPOSIÇÃO
Estudantes contam que a justificativa da escola foi a de que a alternativa encontrada iria evitar a reposição de aulas aos finais de semana. Por causa disso, segundo alunos, a direção afirmou que não poderia haver reclamação.
A ordem tem sido obedecida, mas não sem provocar polêmica. Nos corredores, esse é o assunto da semana.
"Foi uma novidade para todo mundo. O normal é professor dar aula, não aluno", disse o estudante Luis Miguel Manhães, 18, que está no ensino médio e tem aulas com colegas. "A intenção é boa, mas não é certa", afirmou

Fonte: Folha Online – 27/05/2011

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Sobre o óbvio..

 

(...)Eu considero estas perguntas que eu me faço todas óbvias. Só que, a propósito do óbvio, eu tenho dito e redito que uma das coisas que eu descobri, sobretudo no meu exílio longo, é que nem sempre o óbvio é tão óbvio quanto a gente pensa que ele é. E, às vezes, quando a gente se aproxima da obviedade e toma a obviedade na mão, e dá uma rachadura na obviedade, e tenta entrar na obviedade para vê-la desde dentro e de dentro e por dentro (isto é, ver o óbvio de dentro e de dentro dele olhar para fora), é que a gente vê mesmo que nem sempre o óbvio é tão óbvio. Eu me lembro, por exemplo, de muitas experiências minhas em torno desta obviedade, que é: a educação não é neutra. Eu me lembro que algumas das vezes em que eu afirmei isto, sem nenhuma preocupação de justificar, na Inglaterra, eu tive encrencas tremendas com o auditório. Isto aconteceu também na Alemanha. Quer dizer, o que parece às vezes tão óbvio, às vezes não é óbvio.

* Educação: o sonho possível (Paulo Freire conversa com educadores e educadores sobre supervisão escolar)

Fonte: O Educador: vida e morte / Carlos Rodrigues Brandão, Marilena S. Chaui, Paulo Freire. Rio de

Janeiro: Edições Graal, 1982

domingo, 22 de maio de 2011

A cigarra e a formiga na Era Digital

Fábulas de Esopo na Era Digital - Animação criada pelos alunos do 2º Ano do Ciclo I, da EMEB Edson Danillo Dotto – São Bernardo do Campo – SP

Visitem o blog: http://artenodotto.blogspot.com

A cigarra e a formiga–EMEB Edson Danillo Dotto

sábado, 21 de maio de 2011

Projeto Especial–Turma 4


Compartilho os vídeos produzidos pelas professoras da Turma 4 do Projeto EntreMeios que é uma parceira entre a Escola do Futuro da USP e a Prefeitura de São Bernardo do Campo.
Um dos objetivos da formação presencial de professores é que apropriem-se das tecnologias de infomação e comunicação em seu cotidiano e também em suas práticas pedagógicas.
A formação aconteceu em abril de 2011 na EMEB Lopes Trovão.

CONVIVÊNCIA

Professoras:
  • Barbara Olivera Cardoso
  • Mariza Petrosky Justus
  • Patrícia Gomes Marin
  • Vivian Polydoro Mathias
Projeto Final dos Curso EntreMeios–EMEB Lopes Trovão–Turma 4

 

 

 

 

 

 

 


CHOCOLATE

Professoras:
  • Débora
  • Jaqueline
  • Joana
  • Nathália
  • Sandra
Informações sobre o chocolate–Projeto EntreMeios

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Ligue-se no computador

 

Que interessante:

Em 1984 Paulo freire já discutia a ação humana que pautava o uso das máquinas e qual seria o papel destas na educação.

clique aqui png e leia o texto na íntegra

Mude – Edson Marques

 

Compartilho o texto Mude de Edson Marques. Excelente texto para refletirmos sobre o que de fato devemos, queremos e podemos fazer.

Ótima Sexta – feira!

clique aqui png para ler o texto na íntegra.

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Será que a gestão é democrática?

Gestão democrática é o que ouvimos em todos os cantos das escolas públicas, mas será que de fato isso acontece?

Fico pensando:

Como é possível fazer uma gestão democrática se todas as ações da escola estão centradas no diretor/diretor?

Como é possíve fazer uma gestão democrática se os professores não participam das decisões da escola?

Como é possível fazer uma gestão democrática se a comunidade não participa das discussões?

É, Vitor Paro tem mesmo razão quando diz que precisamos" olhar a escola na sua inteireza".

domingo, 15 de maio de 2011

Pensamento Infantil - O desenho da criança

O vídeo mostra crianças de 3 a 5 anos que desenham enquanto falam sobre suas produções. O desenvolvimento de desenho infantil é pontuado pela educadora Monique Deheinzelin.

Pensamento Infantil–O desenho Infantil

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Por uma Infância sem Racismo

 

A Profª Laura Ghellere Guimarães compartilhou o vídeo  "Blogagem Coletiva Por uma Infância sem Racismo" que foi postado no Blog Desabafo de Mãe sobre mediarmos a educação das crianças para que cresçam livres do racismo. Mas livre de fato.

A entrevista é com o professor da USP, Dennis de Oliveira. 

 

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Tecnologias e currículo - Trajetórias convergentes ou divergentes?

 

O livro “Tecnologias e currículo – Tragetórias convergentes ou divergentes ?”  surgiu de uma necessidade evidenciada em sala de aula pelos alunos de um programa de pós-graduação e por educadores e gestores que convidam os autores a fazer conferências pelo Brasil afora sobre os usos das tecnologias na Educação e, especialmente, sobre como integrá-las ao currículo. A obra é fruto de uma longa caminhada, em que se procurou trabalhar os diferentes aspectos do que significa fazer essa integração, desde a concepção de currículo até o surgimento das novas facilidades oferecidas pela Web 2.0 e as transformações mútuas inerentes a um processo de integração. É o início de uma longa discussão que deverá estar presente em todos os níveis de ensino, do básico ao superior, à medida que as tecnologias.

O autores são José Armando Valente e Maria Elizabeth Bianconcini Almeida e o livro é distribuido pela Editora Paulus.

Vale a pena conferir!

domingo, 8 de maio de 2011

Feliz Dia das Mães

Ser mãe é viver o amor incondicional! Não importa “o como” tornou-se mãe e sim “ser mãe”…

Feliz Dia das Mães!

Mães narrado por Fernanda Montenegro

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Chat: A Integração da tecnologia no ambiente escolar

 

Participe do bate papo no portal do Instituto Ayrton Senna sobre a integração da tecnologia no ambiente escolar com Renata Kelly da Silva, mestre em Educação pela PUC/SP.

Para participar, dia 5 (quinta-feira) às 20h (horário de Brasília), faça o login com seu nome de usuário e senha, acesse a área INTERAJA e entre na sala de Chat.
Estou aguardando por você. Não perca!
http://www.educacaoetecnologia.org.br/?p=4796

Participem!!

terça-feira, 3 de maio de 2011

Pedro e a Escola Inclusiva

Santo André: processo seletivo para professores

Secretaria de Educação abre processo seletivo para professores eventuais

02/05/2011 - 09:46

Secretaria de Educação

A Secretaria de Educação dá início ao processo seletivo para Professores Eventuais, com o objetivo de cobrir os afastamentos temporários de Professores Efetivos da Rede Municipal de Ensino.
Os candidatos prestarão prova no mês de maio e os aprovados assinarão contrato temporário por 6 meses, que pode ser prorrogado por mais 6 meses. São 230 vagas, com início de chamada ainda no primeiro semestre de 2011. O salário dependerá da composição da carga horária e da formação acadêmica do candidato aprovado, e pode variar entre R$ 931,00 e R$ 1.660,50.

http://www2.santoandre.sp.gov.br/sites/default/files/EDITAL_02-2011_SE_-_Professor_eventual.doc

 

Fonte: Secretaria de Educação de Santo André - http://www2.santoandre.sp.gov.br/news/5796/42

Atalho do Facebook

Sobre...

2013 5ª ENEX 5º ENEX 5º Fnex Acervo Revista Ciência Hoje Acessos Administração Municipal Adriana Falcão Amigo Animação Aprender a Aprender aprendizagem Araquém Alcântara Artes Assédio Moral Atividades Educativas Áudio autismo Avaliação Biblioteca Bicudas Bienal blog Blog do Sítio Boas Festas Brasília calvin Campus Party Cecília Meireles Celular Cenp Centro Educacional Pioneiro Charge Cidade dos Meninos Cidade Interativa Ciência e Tecnologia Colégio Caminhar Computador em sala de aula CONAE Concursos Conhecimento Conhecimentos Prévios Contação de Histórias Coordenador Pedagógico Cortinas Creative Commons Cultura Digital Currículo currículo nacional Cursos online Débora Martins Desenho Infantil Desenrolando a fita Deu Paula na TV Dica de Leitura Dicas Dicionário CC Direito Autoral Diversidade Documentário download Drive Thru de Oração e-book EAD eBooks ECA Editor de Imagem educação Educação e Formação Educação e Gripe Educação e Mudança Educação e Trabalho Educação e trabalho em equipe Educação Familiar Educação Inclusiva Educação Infantil Educação Inovadora Educação Pública EducaParty Elie Bajard Ensino de Tempo Integral Escola Escola da Ponte Escola de Governo Escola do Futuro Escola Pública Escola Reflexiva Estágio Facebook Família Feira Literária FENTEC Férias Férias;Material Escolar Fernando Pessoa Filmes Filosofia Folclore Formação Foto Flex Fotografia Fundação Lemann Gadotti Gestão Escolar google Guia da Reforma Ortográfica Helena Negreiros História da Escrita Honoris Causa Imagem Imagens Free Inclusão Inclusão Digital Índio Índio Educa Inquietações Intervenção Isabel Alarcão João Acaiabe jogo da memória Jogos Jogos do Brasil José Manuel Moran José Pacheco Leis Leitura Leitura Digital Leitura e Tecnologia Líder Liderança Líderes em Gestão Escolar Links listas de palavras Literatura livro digital livro virtual Livros livros acadêmicos lixo eletrônico Luciana Trocolli Lula Maria Helena Negreiros Marina Colasanti Matemática MEC Meio Ambiente migração do blog Minhas Anotações Monteiro Lobato Mundo do Sítio Museu Virtual Música O que é um wiki? Online Convert Open Education Week 2012 parceria Paulo Freire Paulo Freiris Pesquisa Pilar Lacerda Pinterest Pipal de Papel Planejamento PNE Poemas e Poesias Política Pública portfolio Prática Pedagógica Prezi Processo Criativo Professores Profissão Educador Progressão Continuada Project Gutenberg Projeto EntreMeios Projeto Político Pedagógico Projetos Prova Brasil REA REA Brasil Reajuste Salarial Rede In_Formação Redes Sociais Reflexão registro respeito Reunião com pais Revista Educação Pública Revista Época Revista Espírito Livre Rio+20 Roteiro de Vídeo Ruth de Aquino Saberes dos Alunos Sala de Aula Santo André Saresp Seminário Sérgio Amadeu SESC Simpósio Caminhar Site Situação de Aprendizagem Software Livre Tablets Tarsila do Amaral Tatiana Belinky Teatro Tecnologia Tecnologia;Lea Fagundes TEDxRio Tempo Tendências Pedagógicas Território do Brincar Trabalho Coletivo TV Escola Twitter Twitter Mix UNB Undime Unesp Uso da internet USP Vídeo Vìdeo Vídeo Educacional Vídeo Educacional; Voxli Webinar Wiki ZooBurst

Livres para pensar...

Pesquisar este blog

Siga o blog por e-mail

Quem sou eu

Minha foto
São Bernardo do Campo, São Paulo, Brazil
Professora, Pedagoga,Psicopedagoga, Mestranda em Educação, esposa, mãe,formadora de professores.

Eu participo....

Postagem Recente...