segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Pais impacientes, filhos imediatistas - Rosely Sayão

PARA REFLETIR: QUE ADULTO QUERO FORMAR?
Não há uma vez que se comente sobre a educação de crianças e de adolescentes de nossa época que não seja lembrada a característica de comportamento deles de buscar satisfação imediata para suas vontades e anseios. Pois bem, é hora de tentar entender mais esse assunto. E nada melhor do que olhar também para a atitude dos educadores pais e professores antes de sair creditando aos filhos e alunos determinadas características.
De início, é bom lembrar que ninguém nasce sabendo esperar: as necessidades de um bebê, por exemplo, são imperativas. Ele sente o desconforto da fome? Ele chora, ele berra, não importa a hora e o local e muito menos ainda se a mãe está disponível ou não para alimentá-lo. Mas, pouco a pouco, a mãe vai dando um jeito de colocar uma rotina na vida do bebê, e ele vai se acostumando.
A criança vai crescendo e as vontades vão crescendo também junto com ela. E, sempre que ela precisa esperar para ser atendida ou quando ela não pode ser atendida, é um sofrimento só! A criança chora, faz birra e beicinho, dá até beijinho. Mas pode também gritar, espernear, morder, bater ou se jogar no chão. E assim começa a ladainha dos pais: “Não faça isso”, “não reaja assim”, “não peça isso”, “não suba aí”, “não pegue isso etc.”.
E como a criança responde? Fazendo o que acabou de ouvir que não deve, pegando o que não pode, indo aonde é perigoso, pedindo o que já sabe que não pode ter. Pura teimosia? Atração pelo proibido? Exigência de satisfação imediata?
Talvez um pouco de tudo isso, mas a criança insiste principalmente porque quer algo e porque, para aprender a conter suas vontades e impulsos, demora um pouco mais do que os pais gostariam.
E como reagem os pais com a repetição dos filhos? Com a mesma exigência da criança: a de que suas orientações sejam atendidas de imediato. Qual a mãe ou o pai que já não se pegou dizendo ao filho, de qualquer idade: “Quantas vezes eu já não disse que você não deve fazer tal coisa?”. Ou: “Esta é a última vez que vou dizer a mesma coisa para você?”, por exemplo? Pois, às vezes, a criança responde à altura. Quando interpelado pela mãe dessa maneira, um garoto saiu-se com uma bela resposta: “Você vai ter que me dizer isso 150 vezes!”.
Mesmo sem saber, o garoto estava dando uma bela lição para a mãe. Estava dizendo que educação é um processo que exige persistência, insistência e, principalmente, paciência. Para ensinar um filho ou um aluno a se auto regular, é preciso bater na mesma tecla diariamente, se preciso for.
Então, agora já podemos voltar ao começo de nossa conversa: o tal imediatismo dos filhos e dos alunos permanece e até cresce conforme diminui a paciência de pais e professores e também segue o anseio desses adultos por respostas imediatas a seus atos educativos.
Por isso é bom fazer uma distinção: informar e/ou comunicar não tem o mesmo significado que educar. Fazer uma comunicação e esperar ser atendido é algo que se pode esperar de adultos, não de crianças ou adolescentes. Afinal, conter um impulso imperativo exige maturidade.
Precisamos parar com essa história de dizer que nossos jovens não têm limites, que nossas crianças são imediatistas, que não sabem respeitar os pais, a escola etc. Afinal, quem educa (ou não) essas crianças e esses adolescentes? Eles não vêm ao mundo com todos os pré-requisitos necessários à vida em grupo. Essas características são fruto da educação.



Rosely Sayão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por contribuir com esse espaço de informação.

Atalho do Facebook

Sobre...

2013 5ª ENEX 5º ENEX 5º Fnex Acervo Revista Ciência Hoje Acessos Administração Municipal Adriana Falcão Amigo Animação Aprender a Aprender aprendizagem Araquém Alcântara Artes Assédio Moral Atividades Educativas Áudio autismo Avaliação Biblioteca Bicudas Bienal blog Blog do Sítio Boas Festas Brasília calvin Campus Party Cecília Meireles Celular Cenp Centro Educacional Pioneiro Charge Cidade dos Meninos Cidade Interativa Ciência e Tecnologia Colégio Caminhar Computador em sala de aula CONAE Concursos Conhecimento Conhecimentos Prévios Contação de Histórias Coordenador Pedagógico Cortinas Creative Commons Cultura Digital Currículo currículo nacional Cursos online Débora Martins Desenho Infantil Desenrolando a fita Deu Paula na TV Dica de Leitura Dicas Dicionário CC Direito Autoral Diversidade Documentário download Drive Thru de Oração e-book EAD eBooks ECA Editor de Imagem educação Educação e Formação Educação e Gripe Educação e Mudança Educação e Trabalho Educação e trabalho em equipe Educação Familiar Educação Inclusiva Educação Infantil Educação Inovadora Educação Pública EducaParty Elie Bajard Ensino de Tempo Integral Escola Escola da Ponte Escola de Governo Escola do Futuro Escola Pública Escola Reflexiva Estágio Facebook Família Feira Literária FENTEC Férias Férias;Material Escolar Fernando Pessoa Filmes Filosofia Folclore Formação Foto Flex Fotografia Fundação Lemann Gadotti Gestão Escolar google Guia da Reforma Ortográfica Helena Negreiros História da Escrita Honoris Causa Imagem Imagens Free Inclusão Inclusão Digital Índio Índio Educa Inquietações Intervenção Isabel Alarcão João Acaiabe jogo da memória Jogos Jogos do Brasil José Manuel Moran José Pacheco Leis Leitura Leitura Digital Leitura e Tecnologia Líder Liderança Líderes em Gestão Escolar Links listas de palavras Literatura livro digital livro virtual Livros livros acadêmicos lixo eletrônico Luciana Trocolli Lula Maria Helena Negreiros Marina Colasanti Matemática MEC Meio Ambiente migração do blog Minhas Anotações Monteiro Lobato Mundo do Sítio Museu Virtual Música O que é um wiki? Online Convert Open Education Week 2012 parceria Paulo Freire Paulo Freiris Pesquisa Pilar Lacerda Pinterest Pipal de Papel Planejamento PNE Poemas e Poesias Política Pública portfolio Prática Pedagógica Prezi Processo Criativo Professores Profissão Educador Progressão Continuada Project Gutenberg Projeto EntreMeios Projeto Político Pedagógico Projetos Prova Brasil REA REA Brasil Reajuste Salarial Rede In_Formação Redes Sociais Reflexão registro respeito Reunião com pais Revista Educação Pública Revista Época Revista Espírito Livre Rio+20 Roteiro de Vídeo Ruth de Aquino Saberes dos Alunos Sala de Aula Santo André Saresp Seminário Sérgio Amadeu SESC Simpósio Caminhar Site Situação de Aprendizagem Software Livre Tablets Tarsila do Amaral Tatiana Belinky Teatro Tecnologia Tecnologia;Lea Fagundes TEDxRio Tempo Tendências Pedagógicas Território do Brincar Trabalho Coletivo TV Escola Twitter Twitter Mix UNB Undime Unesp Uso da internet USP Vídeo Vìdeo Vídeo Educacional Vídeo Educacional; Voxli Webinar Wiki ZooBurst

Livres para pensar...

Pesquisar este blog

Siga o blog por e-mail

Quem sou eu

Minha foto
São Bernardo do Campo, São Paulo, Brazil
Professora, Pedagoga,Psicopedagoga, Mestranda em Educação, esposa, mãe,formadora de professores.

Eu participo....

Postagem Recente...